PSPE
PSPE
16 Fev
Luta contra o terrorismo tem de ser eficaz e inteligente

Luta contra o terrorismo tem de ser eficaz e inteligente

O combate ao terrorismo em plataformas como a internet tem que se “fazer de forma inteligente e tecnicamente eficaz, o que é muito diferente de criminalizar o seu próprio uso”. A ideia foi defendida pela deputada Ana Gomes durante a intervenção na sessão plenária de Estrasburgo a propósito da apresentação de um relatório sobre a luta contra o terrorismo.

 

O relatório sobre a proposta de diretiva do Parlamento Europeu e do Conselho “conseguiu melhorar várias disposições, alertando para o perigo de respostas a quente, desenquadradas de uma estratégia global de combate à radicalização”.

 

Porém, Ana Gomes alertou para o facto de no fundamental não estar a coberto nesta, nem em nenhuma outra diretiva. “Exigem que os nossos  governos abandonem políticas neo-liberais austeritárias  que sonegam fundos para equipar e treinar polícias e forças da lei, que criam mais guetos e segregação nas nossas cidades, que tornaram prisões em centros de radicalização em vez de reabilitação. E que esses mesmos governos parem a importação para mesquitas europeias de propagandistas do fundamentalismo”, disse a deputada.

 
 
 

Inscreva-se e receba notícias dos Socialistas Portugueses no Parlamento Europeu