Certificado COVID é aposta necessária para acelerar a recuperação económica

Certificado COVID é aposta necessária para acelerar a recuperação económica

28.04.2021

Sara Cerdas considera o certificado COVID “uma aposta necessária para acelerar a recuperação económica, a liberdade de circulação, aliada ao controlo da pandemia”, mas a União Europeia deve ter “cautela” neste passo.

Ao intervir na sessão plenária de Bruxelas a deputada sublinhou que “não podemos ter um certificado que crie desigualdades ou discriminação para os cidadãos, nem que exponha os seus dados ou que aumente a burocracia.” Pelo contrário, “temos uma oportunidade para a União Europeia mostrar que consegue ter uma resposta coordenada e adequada, que facilita e proteja a vida dos cidadãos.”

O certificado, sustentou Sara Cerdas “é uma medida que deverá facilitar a livre circulação de cidadãos, através do mútuo reconhecimento da vacina, do teste negativo ou da recuperação da infeção, e assim complementar as medidas de controlo da infeção já implementadas.”

Os deputados pretendem que o certificado COVID seja adotado pelos Estados-membros até ao verão e querem iniciar rapidamente conversações.