Unidos para derrotar a pandemia

Unidos para derrotar a pandemia

26.03.2020

A pandemia transformará a Europa e “demorará a passar”, sendo necessário “uma resposta europeia, para que os países e os cidadãos não tenham que escolher entre sofrer do mal ou da cura”, alertou Pedro Marques durante a intervenção no debate parlamentar sobre o coronavírus que teve lugar na sessão plenária extraordinária em Bruxelas.

“Investir nos sistemas de investigação, de saúde e proteção é prioridade absoluta, custe o que custar”, mas “apoiar a manutenção de empregos é correto” e “assegurar que há uma economia e cadeias logísticas e de transporte que possam funcionar no fim da crise é crucial”.

O deputado alertou para o facto de não ser aceitável que “se impusesse agora uma nova vaga de austeridade e humilhação em troca de linhas de financiamento para a resposta à crise. A não ser que nada tenhamos aprendido com os erros de há uma década”.

“O papel do Banco Central Europeu vai ser decisivo” de forma a  se “utilizar os instrumentos fiscais junto das empresas que salvaguardem emprego, e não acionistas” e “apoiar de forma extraordinária os rendimentos das famílias, dos pensionistas, dos desempregados e dos que menos têm”.

“Vamos unir-nos para derrotar este inimigo, para voltar a ver o Sol, depois destes dias cinzentos e fechados”, apelou Pedro Marques.